Estava assistindo uma aula no início da semana e ouvi essa frase. Ela sintetizou muito do que venho vivendo ao longo do último ano para construir o LabFazedores.

Explico: quando a gente resolve criar uma pequena empresa – com pouco investimento financeiro e muito trabalho – boa parte das primeiras entregas estará aquém do ponto em que se quer chegar. Não se começa um novo projeto com todos os recursos, todas as soluções e toda excelência que idealizamos.

É preciso coragem para seguir caminhando.

Fazer o melhor não é fazer o ideal. Fazer o melhor significa fazer o melhor que você pode fazer com os seus recursos, capacidades e conhecimentos atuais. O jogo é seguir caminhando e diminuindo a distância entre ponto onde estamos e o ponto onde sabemos que vamos chegar.

É preciso coragem para seguir evoluindo.

O LabFazedores que existe em minha cabeça é exponencialmente mais incrível do que ele é atualmente.

Minha missão é acordar todos os dias e construir mais um pouco.