#36 Entrevista Vic e Rafael – Officeless

Tempo de leitura: 1 minuto

Episódio 36 do podcast LabFazedores

No episódio de hoje, um bate papo esclarecedor com a Victoria Haidamus e com o Rafael Torales, idealizadores e realizadores do Officeless, uma iniciativa que pode te fazer repensar o que é trabalhar de forma remota.

O Officeless é um movimento que acredita em relações de trabalho baseadas em autonomia, propósito e confiança e que ajuda pessoas e empresas a implementarem o trabalho remoto criando equipes com profissionais mais produtivos, realizados e conectados, independente de suas localizações.

Voltamos em grande estilo com as entrevistas aqui no podcast.

Aperta o play aí que tenho certeza que você vai querer ouvir esse papo.

Links para saber mais sobre o Officeless

https://officeless.cc

Officeless no Facebook

Officeless no YouTube

Tem gostado do LabFazedores? Reforço meu convite de sempre. Assine o feed no seu aplicativo de podcasts (está disponível tanto para IOS quanto para Android). Daí, toda vez que eu publicar um novo episódio, você será notificado. Indique o LabFazedores para um amigo. Se puder, avalie e comente sobre o LabFazedores lá no seu app de podcast e me ajude a fazê-lo chegar a mais gente.

De vez em quando mando uns e-mails com conteúdo exclusivo e notícias sobre projetos legais que estou participando.

Quer receber? Cadastre seu e-mail em www.kaioserrate.com Relaxa, eu NUNCA mando spam.




3 Comentários


  1. Bacana, Kaio.

    Estava ouvindo e desejando que isso se tornasse realidade na minha empresa. Mas mais do que isso, senti que essa forma de trabalho deve ocorrer em uma equipe unida e que não tem ninguém querendo roubar o lugar do outro. Ou será apenas a minha sensação de que o controle da situação vem através de estarmos todos no mesmo lugar, a vista de qualquer um? Pensando agora me parece apenas um sentimento do modelo office/século XX de trabalhar. Vou pensar melhor!

    Obrigada pelas reflexões.

    Responder

    1. Oi Marcia,
      Acredito que não seja só sua impressão não. Concordo contigo.
      Em um certo momento da entrevista, o Rafael diz que o debate em torno do trabalho remoto é também um questionamento aos modelos de gestão da era industrial. Muitos aspectos desses modelos são ineficazes na realidade pós-digital. A gestão fundamentada exclusivamente na lógica de comando e controle é um deles.
      Portanto, para que o trabalho remoto alcance todo seu potencial acredito ser necessário uma dinâmica mais horizontal e colaborativa entre os membros de um time.
      Abs

      Responder

      1. Na minha empresa já está havendo uma troca de comando, os velhos estão dando lugar aos novos, mas ainda vejo a mesma forma de pensar neles. Sei que a mudança é gradual, embora já esteja presente em vários lugares, mas fico pensando que a mudança mesmo vem para a próxima geração usufruir.
        Mas – de novo – esse pode ser apenas o meu pensamento do século XX de quem trabalha em uma empresa com os pés fincados em burocracias e processos.
        Vc acredita que eu já estou conseguindo enxergar o lado positivo da burocracia? Preciso respirar um pouco mais de ar fresco desse site! haha

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *