Wearables são tecnologias vestíveis e conectadas, como os populares smartwatches e os ainda incipientes óculos de realidade mista.

A Juniper Research, uma consultoria britânica, estima que essa será uma indústria de mais de 1 bilhão de dólares até 2020.

Se ontem citei um exemplo preocupante das escolas chinesas que estão utilizando chips nos uniformes escolares para monitorar os estudantes, hoje cito três bons exemplos publicados na atual edição da revista Exame.

Owlet Smart Sock

Uma meia para bebês que monitora os batimentos cardíacos, a respiração e a qualidade do sono.

Os dados são enviados para o smartphone dos pais.

Wearable X NADI X 

Uma calça de ioga conectada a um aplicativo. O aplicativo envia instruções à roupa, que vibra em pontos específicos para induzir ou conter movimentos.

PureMove Bra

Um top da Reebok  com um gel em sua composição que altera seu estado (sólido ou líquido) de acordo com a atividade física que está sendo praticada.

E você, conhece algum bom exemplo de wearable? Compartilha comigo nos comentários.